CONFERÊNCIA O Gás Natural Enquanto Fator-Chave do Mix Energético em Portugal

A realizar-se de 17 setembro 2018 a 17 setembro 2018 em Auditório da Sede da Ordem dos Engenheiros

Os Colégios de Engenharia Mecânica e de Engenharia Química e Biológica da Ordem dos Engenheiros (OE) propuseram-se organizar uma conferência, conjuntamente com a Portgás, com o objetivo de, no âmbito da iniciativa "2018 - Ano OE das Alterações Climáticas”, debater o tema "O Gás Natural enquanto fator-chave do mix energético em Portugal”.

Prevista para o dia 17 de setembro, no auditório da Sede Nacional da Ordem dos Engenheiros, em Lisboa, a Conferência abordará a importância estratégica do contributo do Gás Natural (GN) para a economia repensando os padrões de consumo, os estilos de vida e o próprio lugar do crescimento económico, como um objetivo central das sociedades contemporâneas.

O GN é, na sua essência, uma energia de origem fóssil que resulta da matéria orgânica no interior da Terra, acumulado ao longo de milhares de anos em jazidas naturais subterrâneas que, pela sua natureza, não sofre qualquer processo de transformação até chegar ao consumidor final.

É um combustível de queima mais limpa que origina reduzidas emissões de poluentes, melhora significativamente as condições ambientais das cidades e, por consequência, melhora também a qualidade de vida. A combustão do GM emite menos CO2 do que a combustão de combustíveis líquidos provenientes do petróleo dada a sua constituição molecular. Desta forma, proporciona uma combustão livre da emissão de SOx e com menor taxa de emissão de NOx, quando comparado com outros combustíveis (ex.: gasóleo, gasolina, ...).

O Gás Natural, atualmente, pode ser potenciado enquanto uma fonte renovável de energia - o Biometano - através do reaproveitamento de resíduos e a sua valorização energética, constituindo-se como um projeto de economia circular.

Organização
Ordem dos Engenheiros
Colégio de Engenharia Mecânica
Colégio de Engenharia Química e Biológica
Portgás