ENERGIA E TRANSPORTES DOMINAM DECISÕES CONJUNTAS - GÁS MAIS BARATO EM 2013

A factura do gás vai ficar mais barata a partir de 2013, sobretudo para os clientes industriais. É, pelo menos, esse o resultado esperado com assinatura ontem pelos governos português e espanhol do fim da dupla tributação no gás. Passos Coelho e Mariano
Rajoy assinaram na cimeira luso-espanhola o fim do denominado ‘pancaking’, a dupla tarifação que é paga no transporte de gás natural entre os dois países, apontada como um factor prejudicial para a competitividade do negócio.
Na declaração final conjunta, os dois Governos declararam considerar o combate ao deficit tarifário “uma prioridade na política energética de ambos os países” e com o fim deste ‘pancaking’ harmoniza-se a tarifa de interligação de gás natural, em conformidade como princípio da neutralidade dos custos para os dois países.
Ficou ainda decidido avançar com uma avaliação calendarização da “execução da terceira interligação de gás entre Portugal e Espanha, analisando a previsão da procura”, e trabalhando em conjunto no quadro do debate sobre o pacote europeu de ajuda financeira às grandes infra-estruturas de electricidade e de gás.

10 maio 2012