Estudo Gas Decarbonisation Pathways 2020–2050

O Consórcio The Gas for Climate apresentou em Abril um novo estudo que analisa o percurso de descarbonização de 2020 a 2050.

O novo estudo identifica os investimentos necessários para a expansão do hidrogênio e do biometano, sublinhando que a produção em larga escala de biometano e hidrogénio verde e azul - transportados, armazenados e distribuídos através das infraestruturas de gás existentes - pode ajudar a alcançar uma redução de 55% nas emissões até 2030, em combinação inteligente com eletricidade renovável. Refere adicionalmente que o "coupling" dos setores de eletricidade, gás e energia térmica - vinculando os seus mercados e as respectivas infraestruturas de forma mais bem coordenada e integrada - oferece maiores benefícios globais para o sistema energético europeu.

O Acordo Verde Europeu pode acelerar a transição, exigindo 10% do abastecimento de gás de fontes renováveis até 2030, propiciando o comércio e o transporte de biometano e hidrogénio em toda a UE e fortalecendo o UE ETS (Emissions Trading System).

Aceda ao Estudo

23 abril 2020