Mercado Ibérico do Gás Natural é consensual para as empresas

 

Dois dos maiores operadores de gás natural na península Ibérica - a espanhola Gas Natural Fenosa e a Galp Energia - marcaram o segundo painel do X Fórum Energia, em que a mensagem-chave foi a necessidade de se criar um mercado ibérico e um ‘hub' para o gás natural.

Nemesio Rodríguez, director de vendas da Gas Natural Comercializadora, lembrou que "no futuro, o gás natural será um combustível que vai ter um peso muito importante no ‘mix' energético, tanto de Espanha como de Portugal". Por isso, os dois países devem aproveitar a posição geoestratégica importante que a península Ibérica tem junto do "no mundo do gás. A nossa posição na ponta Atlântica mediterrânica com a proximidade dos países produtores de gás deve ser vista como uma vantagem competitiva importante" que poderá ajudar a Europa a reverter a forte dependência face ao fornecimento de gás da Rússia.

Nemesio Rodríguez assumiu que a Gas Natural Fenosa ainda não é tão conhecida em Portugal como a EDP ou a Galp Energia, nem investiu tantos milhões de euros como a Endesa. Mas garante que "dentro de pouco tempo queremos ter uma posição importante em Portugal, onde, hoje, temos uma quota de 5% no mercado do gás".

 

22 dezembro 2011