Governo autoriza Galp a vender redes de gás à Allianz

25/03/2021 | Associadas

A Galp recebeu a autorização do Governo para transferir para a Allianz Capital Partners (ACP) as concessões das redes de distribuição de gás natural, avança o Público (acesso condicionado) esta quinta-feira. O grupo Allianz torna-se, assim, o maior operador de distribuição de gás do país.

A venda de 75% do capital da Galp Gás Natural Distribuição, por 368 milhões de euros, foi anunciada em outubro e já tinha “luz verde” de Bruxelas. Segundo o jornal, a Galp ficará com 2,49% da empresa, e os restantes 22,5% permanecerão com os japoneses da Marubeni Corporation e Toho Gas. Na venda estão incluídas nove empresas que atuam com concessões e licenças de distribuição e comercialização de gás natural no país, servindo aproximadamente 1,5 milhões de clientes. É também por aqui que o Governo quer ver, no futuro, a transição para gases renováveis como o hidrogénio.

Segundo o Ministério do Ambiente e da Ação Climática, “a ACP tem condições para assegurar a continuidade da prossecução da atividade das concessionárias em conformidade com as obrigações decorrentes das concessões” e tem também “know how no setor” estando presente em países como Reino Unido ou Espanha. Além do mais, como a Galp se mantém na empresa, há uma “solução de continuidade, não só técnica, mas sobretudo do conhecimento do território, dos consumidores e da infraestrutura”.

Fonte: Eco Energia

Todas as notícias